Jotacê Cardoso & Clube do Meio - História 1977 a 2003

Foram muitas atividades no período entre 1977 a 2003. Mas consegui guardar algumas coisas e as escaneei. Os documentos e fotos contam a história. Na página principal está o conteúdo entre o ano de 2004 até o presente. (A fase com Nelma Mélo em Presidente Prudente) Por: Jotacê Cardoso (Abril de 2012) - Presidente Prudente - SP.



1995 - Meu Primeiro CD - lançado em 1995 - Selo Sampa - totalmente autoral - Música eletrônica - trabalhos em midi - cd  Clube do Meio" - Produção Jotacê Cardoso. CD Instrumental.




CD "Contínua transformação" - 1996 - Produção de Jotacê Cardoso - Trabalho de violão com midi - Totalmente autoral - Voz e orquestração. Participação de Jean Trade (Guitarra elétrica) nas faixas "Homem sem origem" e "Maravilha natural".


Ano 2000 - Cd "Piano Romântico" - produção - Cassapula - Execução - Starmidia - São Paulo - SP. CD autoral - Roland RD 600.


2001 - CD "Conversas" Esse CD surgiu incentivado pelo Sr. Mario - catedrático (USP). Eu tocava no Hilton Hotel e ele ficava ao lado batendo papo. Numa das histórias fiquei comovido. Ele quando na França viu sua namorada (Aline) morrer num atentado a bomba dentro do automóvel (Ao ligar a chave). Ele até hoje, se lembra dela emanando amor, muito amor mesmo. Por isso, a primeira faixa - (Monsieur Mario e Mademoiselle Aline) "conta" essa história - CD Instrumental - Produção: Jotacê Cardoso.




Gravei 15 cd´s de solos de violão para uma produtora do Rio de Janeiro. Cada CD contem 15 solos de violão de músicas consagradas e por mim adaptadas. Encontramos esses cd´s a venda numa praça no bairro de Socorro em Sampa. Foram gravados com violão Takamin CP 132 SC em linha durante apresentações na "noite" em Sampa. Sem edição, tudo original com direitos a raspadas e erros.




Participeii na faixa "Sinais vermelhos" (Ozias Stafuzza) com piano elétrônico e sintetizador a convite do própria autor. Foi lá por 2001, 2002 em Sampa.




Um dos meu grandes parceiros: Edgard Mitio - Guitarrista - Nos conhecemos em 1980 em Presidente Prudente quando também se apresentou juntamente com o Jonas Mô no meu show realizado no Teatro da APEC (Hoje - UNOESTE). Em Sampa lecionamos juntos no MUSART e tocamos com nosso trio de violões pela "noite" e gravamos alguns programas de TV na TV Cultura. Trio Violonia: Jotacê Cardoso, Edgard Mitio e Jonas Mô. O trabalho do trio se deu por volta de 1983/1984 quando então morei na Lapa (Sampa). As caricaturas são do Carlos Morgani (Meu ex com-cunhado).



Nosso trio Coneksom - Jotacê Cardoso (Piano), Lilico (Baixo) e Beto Borges (Bateria). Trabalhamos para a rede Eldorado de Hotéis proncipalmente no Hotel Fazenda - Village Eldorado Atibaia - No município de Atibaia - SP, entre 1988 a 1991 (Por aí). Esse Jornalzinho era publicado pelo Abraão Berman - chefe do lazer e que ficava hospedado conosco no mesmo hotel.


No Inn's foi onde conheci grandes figuras como Andre Ber, Jose Carlos Pinheiro, Lucio Alves, o Pianista Mozár, Zé Keti, entre outros. Era um clube Privê (só para sócios). Ali eu tocava piano e violão. Atuava tambem com trio vocal vez em quando. Zezinho, Robertinho, Joãozinho da noite e outros... entre 1988 a 2001 (Por aí)



Quando não havia verba para confecção de cartazes em gráfica fazíamos cópias xerox em A3


Aqui, uma apresentação no Taberna do Marques, na Rua Marques de Itú - Hotel Eldorado. Sampa





Gravamos o show e está em CD - ano 2000 - Teatro MARS - Bixiga - SAMPA - Rua João Passalacqua.


Viemos algumas vezes ao Prudenshopping com programa de JAZZ. Foi sucesso, casa cheia.





Musart - Trabalhamos como professores de música - Jotacê Cardoso, Edgard Mitio e Jonas Mo - 1983 - Av Nossa Senhora da Lapa - Lapa - Sampa - 1983 - Proprietário Antônio de Leo



































































































































































































Atividades principais até Janeiro de 2011

JOSÉ CARLOS CARDOSO-(JOTACÊ CARDOSO)
Telefone: (018) 3223-8403. Celular: (018) 8146-1784 (18) 9643-5008
objetivo                       


DADOS PESSOAIS
Documentação completa acrescida da omb (cresp) – Habilitação - ECAD – ASSIM - DRT.


ExperiÊncia:

Atividades em exercício:
- Inspetor Coordenador da Ordem dos Músicos do Brasil – Subseção de Presidente Prudente, Conselho Regional do Estado de São Paulo.
- Tesoureiro do Instituto Matura Turismo
- Gestor de cultura, Produtor e diretor artístico do Clube do Meio Artístico.
- Professor de música – Prefeitura Municipal de Regente Feijó desde 2008.
Atividades:
- 2010 – (Dezembro) Realização da Festa da Arte, Artistas e cultura do Clube do Meio Artístico em parceria com a SECULT. Diretor artístico e show musical.
- 2010 – Salão do livro de Presidente Prudente – Musica interativa na pracinha central em parceria com Nelma Mélo.
- 2010 – Coordenação de 3 aulas abertas nos municípios de: Euclides da Cunha Paulista, Narandiba e Piquerobi – Atividade pela Oficina Cultural Regional Timochenco Wehbi.
- 2010 - Produção e direção da Caravana da Cultura do Clube do Meio Artístico em parceria com a UFDPC – Secretaria de Estado da Cultura – Governo do Estado de São Paulo – 10 de Março realizada em Santo Expedito – SP, 27 de Março no município de Caiabu – SP e 07 de Agosto em Taciba – SP. (Evento de artes integradas)
2010 – Produção em parceria com Silvio Moreira Produções da “ 1ª Mostra de Teatro Infantil – Silvio Moreira”.
- Mês de Agosto a Novembro/2009 – Projeto “Caravana da cultura” circulando pelos municípios do Oeste Paulista. Dois Workshops coordenados pela OCR Timochenco Wehbi.
2010 - FENTEPP 2010 – Participação na produção.
05/06/2009 – Estréia da peça de teatro “O Maestro e a Cantora” na V Mostra de Teatro 2009 no Lugar das Artes na cidade de Presidente Prudente – SP. O texto é de Jotacê Cardoso que também participou como ator/músico.
07/05/2009 - II Fórum cultural da UNESP de Presidente Prudente – Ministrou a Palestra “A síndrome de CD Player”.
2007 – 2009 – Professor do curso de “Iniciação ao violão” no Espaço Cultural José Ferreira da Prefeitura Municipal de Regente Feijó.
2008 - Produção da Festa Anual da Arte de Artistas de Presidente Prudente e Região 2008 – Presidente Prudente - SP - Clube do Meio Artístico. (Novembro de 2008)
2008 - Produção da peça teatral “Biel do céu” inclusa na II Jornada de Teatro da Federação Prudentina de Teatro em 16/08/2008.
2004 a 2009 - trabalho em parceria com a cantora Nelma Mélo, apresentando-se em projetos culturais como: SESC, Virada Cultural Paulista 2007 e outros, alem de atuar em barzinhos.
2008 – Coordenação do Núcleo de Cultura Popular do Clube do Meio Artístico na Oficina Cultural Regional Timochenco Wehbi e coordenação de oficina de composição e trilha sonora para teatro popular.
2007 – Coordenador  - Curso “Iniciação ao violão” pela Oficina Cultural Regional Timochenco Wehbi em parceria com a Prefeitura Municipal de Regente Feijó – SP, na cidade citada. De 03/04 a 15/05/2007.
2006 26/10 – Coordenou Workshop no I Fórum Cultural FCT – Unesp 2006 “A beleza da musica popular brasileira contada o tocada pelo violão”.
2006 – 23 de Setembro, realizou show poético-musical-histórico sobre o movimento cultural fundado por Jotacê Cardoso em 1977. “Clube do meio-30 anos. Por: Jotacê Cardoso” realizado no Teatro Municipal Procópio Ferreira na cidade de Presidente Prudente-SP.
2005-Oficina Cultural Timochenco Wehbi – Presidente Prudente – SP - “Iniciação ao violão” - Março a Maio de 2005.
2004-Pianista – prestando serviços a Rede de Hotéis TRANSAMÉRICA, e Agência Harmonia, como Pianista e Violonista em São Paulo-SP.
-Apresentação de shows musicais com o gaitista ALOYSIO BECKER. (Vale do Paraíba).
- (Julho de 2001) pianista no São Paulo HILTON HOTEL Restaurante ARAGOSTA.
-Autoria do livro “A BÍBLIA DO MÚSICO, SEGUNDO JOTACÊ CARDOSO”
2004-OFICINA CULTURAL REGIONAL TIMOCHENCO WEHBI – Agosto – “ O VIOLÃO NA MPB”. Workshop.
·         Desde 1995 – Experiência em: INFORMÁTICA MIDI & ÁUDIO. – TECNOLOGIA MUSICAL
Programação de seqüências MIDI em Teclados eletrônicos e softwares para PC.
Editoração gráfica para partituras musicais.(Software PC)
Pré-masterização e edição de áudio digital. (Softwares PC)
Gravação de CD’s “AMÓSTRAS”.
Confecção de CD “MASTER”.
Consultoria para todos os assuntos pré relacionados.
n     * INSTRUMENTOS MUSICAIS – Piano acústico, Teclados eletrônicos, Contrabaixo-elétrico, Guitarra elétrica e Violão.
n     Extras-ARRANJADOR, Professor de música e compositor..
n     Tem suas composições já em SONGBOOKS, para Piano, e Melodia.
 cifrada.
·         Janeiro de 2002 – Negocia com a GHF Publicidade – A prensagem da coleção de solos de violão, com 215 músicas, chamada de “ VIOLÃO VIVO AO VIVO” em 14 volumes.
·         2002 termina seus três livros de teoria musical, harmonização e arranjos.
·         2002 leciona Tecnologia Musical na EMG em São Caetano do Sul.
·         Shows com IVETH SOUZA, PAULINHO PARANÁ E WELLINGTON DAS NEVES (CONEKSON PAULISTANA)
·         Dezembro de 2001 – “Sai o CD ‘CONVERSAS” impresso pela NOVODISC e patrocinado pela EAGLE LUBRIFICANTES Union Brasil LTDA-Araras-SP.
n     2001-Termina a gravação do CD instrumental “CONVERSAS”, com suas músicas elaboradas em processo digital. Presta serviços ao SÃO PAULO HILTON HOTEL, como PIANISTA. Continua fazendo arranjos para diversos cantores e produtoras.
n      Shows com Aloysio Becker e Wagner Neves.
n     2000- Lançamento do CD “Piano Romântico”, distribuído pela STARMIDIA ÁUDIO E VÍDEO LTDA, (São Paulo-SP).
·         1999- TEATRO MARS – SHOW “GUITARRAS”      São Paulo - SP
Dois violões-instrumental (JOTACÊ CARDOSO e  EDGARD MITIO)
n     Repertório próprio - Produção de CD’s de TELEMENSAGEM para a STARMÍDIA. Várias apresentações com o Gaitista Aloysio Becker em Empresas, Feiras e Convenções.
n  1998- Lançamento do CD “CONTÍNUA TRANSFORMAÇÃO” (independente) Contendo músicas instrumentais e vocais de autoria própria e com alguns parceiros.
n  1985 à Hoje, faz gravações esporadicamente com outros artistas, prestando serviços como músico de estúdio.
Desde 1997, até 2002 – Presta serviços ao Hotel São Paulo HILTON.

n  Músico acompanhante (teclados) – 1994- Boate OASIS, com banda, MOFARREJ SHERATON HOTEL (VIVALDI REST.), BAIÚCA (Roosevelt)(92/93), MERLIN restaurante, SOM DE CRISTAL(92/94), (Gafieira), 1993-URSO BRANCO (Gafieira), 1993-BONGIOVANNI Restaurante., 1992 “CAFÉ SÃO PAULO ANTIGO”
n  Solista de Piano – 1994 – HOTEL OTHON (Lobby bar), ANIELLO (Rest.), PADDOCK (Rest.) – 1993 Rest PADDOCK, 1993 rest. PADDOCK Jardins 1991- THE PLACE (JARDINS),
n  Registro em Carteira de trabalho-Como PIANISTA, no VILLAGE ELDORADO ATIBAIA-SP em Junho de 1991.
n  OUTUBRO DE 1989 À JUNHO DE 1992 – Trio CONEKSOM, formado por contrabaixo, bateria e piano. (Experiência como pianista de JAZZ e MPB instrumental e acompanhamento de cantores).
n  JANEIRO DE 1982 à 1989 (Em São Paulo-SP)– Barzinhos como “BARROCO”, “CABEÇA PRA BAIXO”, “MOLEQUES BAR”, “O POTE”, “TONY’S BAR”, “HAPPY NIGHT”, “RECANTO NOSTÁLGICO”, “CISCO’S BAR”, “SOBRADINHO”, “PERSONA”, “ESPAÇO INFINITO”, “KALEIDO’S BAR”, “513 BAR”, “INN’S CLUB”, “VIVA MARIA”, “BAIÚCA ROOSEVELT”, “CAFÉ PARIS” e vários outros que se apresentou por um ou dois dias. (Experiência – VOZ e VIOLÃO, e VÓZ E VIOLÃO com TIMBISTA (Percussão), 1985 – Habilitado e Diplomado pela ORDEM DOS MÚSICOS DO BRASIL no Conselho Regional do Estado de São Paulo, sob nº 25.861).
n  1983 à 1986 –(São Paulo-SP)-Professor de música e violão nos conservatórios MUSART e FREDÈRIC CHOPIN.
n  1981(Presidente Prudente-SP)– Contra baixista (contrabaixo-elétrico), no GRUPO MENSAGEM, (BAILES) – Experiência – Viagens por várias cidades das ALTA SORACABANA, ALTA PAULISTA , e NORTE DO PARANÁ.
n  1980 – PROGRAMADOR DE RÁDIO FM – Rádio Presidente Prudente
1979 –(Presidente Prudente-SP) - Seu primeiro SHOW : No Anfiteatro da UNESP (Antiga FAFI).
1977 - Cria o Clube do Meio - Em Pirapozinho - SP


Presidente Prudente - SP

DATA 11 de Janeiro de 2011




José Carlos Cardoso – Nome Artístico: Jotacê Cardoso
JOSE CARLOS CARDOSO
Tel (011) 8146-1784  (018) 3223-8403 (18) 9643-5008
clubedomeioartistico@gmail.com  / jotacemusico@hotmail.com

________________________________________________________________________

Complemento


De 1977 a 1984 considero mais produtivo o período no item - Composição. Tanto canções quanto instrumentais. Parceiros como o poeta Edivaldo de Jesus Teixeira, Zé Ricardo, Almir Dalefi, Dito Ramos, , entre outros.
1977 - Criei um grupo para discussões de cultura e também para apresentações musicais - Clube do Meio - em Pirapozinho - SP (Hoje: Clube do Meio Artístico). Alguns dos principais participantes: Rosana Grilo,Deia Ramos, Dito e Luiz Ramos, Zé Ricardo, Almir Dalefi, Tadeu Nogueira, Glaucia Nogueira, Alberto Brusc, Zuza, Tengo, Moita, entre outros que vinham de P. Prudente e outros municípios.
O maior apoio veio do Grupo Aranha - Zuza, Tengo e Moita
1979 - Apresentação do meu primeiro show apresentando minhas músicas - Anfiteatro da FAFI (Hoje: UNESP) - Participação do saudoso Zé do Forró (Acordeonista) do Grupo Aranha (Pirapozinho-SP) e o cenário de Renato de Jesus.
1981 - Primeiro trabalho Profissional - contrabaixista em banda de baile em Presidente Prudente - com contrato e pagamento mensal. - Grupo Mensagem - com o colega Fininho - fui apresentado pelo Macalé, meu padrinho de profissão.
1982 - Janeiro - Mudança para capital - São Paulo, onde residiu até o ano de 2004. 22 anos trabalhando em Sampa.
1982 a 1984 - Renato de Jesus continua com o Clube do Meio com sede em Prersidente Prudente na forma ativistas (Difusão e formação de público).
1982 - Sampa - Barzinhos em parceria com o cantor Edsel Aguiar e Yolete Santiago.
1983 a 2003 - Trabalhei como editor de partituras para diversas editoras e associações de autores musicais. Trabalho: Ouvir a música e transcrever para a partitura.
1983 - Editei várias de minhas composições, registrei e entrei na Associação de Compositores - SABEM (Extinta). Tenho a média de 200 músicas devidamente legalizadas e hoje, faço parte da ASSIM (Associação criada por Elis Regina e Adilson Godoy no ano de 1979)

_______________________________________________________________________

Minha história artística é fundida com a do Clube do Meio. Veja o vídeo:



Esse outro video já perternce ao período Jotacê Cardoso & Nelma Mélo - 2004 aos dias atuais:





___________________________________________________________________________

Quando me mudei para São Paulo - SP, (Janeiro de 1982), o Clube do Meio ficou sob os cuidados do Renato De Jesus que formou um grupo de ativistas culturais. O pessoal trabalhava na difusão e formação de público. Shows como: Rolando Boldrin e Ranchinho, Celso Machado, Grupo D'Alma e Balé Stagium. Agiram não como artistas mas sim como organizadores, divulgadores e produtores. O Renato organizou carteirinhas dos membros. 
1982 a 1984 - Presidente Prudente - SP


Material gentilmente doado aos nossos acervos pelo Renato de Jesus em 2005.



Trecho sobre o “Clube do meio” extraído da autobiografia do Renato de Jesus Souza Silva.

Foi através do pessoal da FAFI (Faculdade de Filosofia, hoje Unesp) do Cine Clube, das performances musicais no barzinho do Diretório Acadêmico, que conheci o pessoal de Pirapozinho, a turma do Clube do Meio.
Era um grupo de jovens artistas, músicos e poetas, cujo nome era em homenagem ao Clube da Esquina, a vanguarda mineira da MPB, eles, por sua vez, uma rara vanguarda numa cidade pequena e conservadora, tipo: O quê? Bossa Nova em Pirapó?!.
No show do grupo no anfiteatro da Fafi, em dezembro de 79, “Limites do Estranho”, promovido pelo Cine Clube, eu reforcei minha amizade com o pessoal, me transformando em “cenógrafo”, pois acabei desenhando o cenário usado no palco.
“Cenário” que acabou sendo usado novamente no show “Limites do Estranho II”, promovido pelo Centro Cívico Castro Alves, no Anfiteatro da Apec, em 15 de maio de 80.
Em 80, acabei criando também o logotipo do grupo, Clube do Meio estilizado como um violão, que passaria a ser quase que uma marca registrada, em um cartaz padrão do grupo.
Sempre que podia, participava das atividades culturais que surgiam, como no dia posterior, 16.5.80, quando houve uma “manhã de autógrafos” na Livraria Godoy, com o maior mímico do Brasil, Ricardo Bandeira, antecedendo seu show à noite, no Teatro Municipal.
Em 14/11/80, participei como colaborador do show “Terra Submersa”, do Clube do Meio, no Teatro Municipal .
Animado com o grupo Clube do Meio, que me permitia praticar várias vertentes culturais quando nos reuníamos, passei a ser freqüentador assíduo de Pirapozinho, na casa do “gordo”, o José Carlos Cardoso, “quartel general” do clube e gueto cultural daquela pequena cidade.
Música, poesia, desenhos, cinema super-8, fizemos muita coisa e assustamos muita gente conservadora daquele lugar, onde até montamos um laboratório de teatro no coreto da praça, como embrião de um grupo teatral que não deu certo, mas deixou cicatrizes em muitas almas sedentas do novo.
Era uma constante troca de conhecimento entre os integrantes, sejam de livros, discos (guardo até hoje minha coleção de mais de 2.000 vinis), performances culturais várias e muito companheirismo.
Mesmo quando o grupo deu uma maneirada nas atividades, continuei um certo tempo freqüentando Pirapozinho, com alguns amigos remanescentes(Clóvis, Lúcio, Ricardo Vieira), ainda passando filmes, acompanhando apresentações musicais (Zimbo Trio, em 80), em uma época onde guardo boas lembranças também dos acampamentos que fazíamos, percorrendo as beiras do rio Paranapanema e seus afluentes, o que me estimulou muito a pender pelo lado do turismo e ecologia, o que exercito muito hoje em dia, dentro daquela minha ótica pessoal: “não gosto de pescar, mas adoro ir pescar “.
Em 1981, continuava na vanguarda cultural em Prudente e lembro-me de quando ganhei (não sei de quem, mas com certeza alguém do “Pipoca Solta” –chico da bota,etc.- pasquim de poesia) o caderno “Jornal Dobrabil”, de Glauco Mattoso, um libelo escrachante, revolucionário, escatológico da poesia concreta e futurismo tupiniquim, que trouxe grandes lembranças do Stephen Crane  de 74.
Como na época a política cultural municipal era praticamente inexistente, dependendo de teimosos reincidentes ocasionais, resolvi agregar o meu instinto de ativista incentivador da participação com a necessidade de se fazer algo de efetivo pela cultura em nossa cidade, pelo que convidei alguns companheiros originais do Clube do Meio e outros amigos de ideais parecidos, propondo criar o Clube do Meio em Prudente, dentro da proposta de incentivar a participação dos jovens através das atividades culturais. Daí surgiu o novo Clube do Meio, buscando estruturação como uma entidade organizada (apesar de extra-oficial, uma espécie de Ong da época), cuja proposta era “A Cultura como Instrumento de Participação”.
Modernizando o logotipo do Clube do Meio, seguindo as experiências que tinha com as reuniões de dinâmica de grupo que praticava até então, começamos a fazer reuniões e atividades, incorporando as pessoas que foram surgindo e participando, promovendo, divulgando e fomentando a cultura em todas as vertentes possíveis.
Buscando sintetizar a razão do nome Clube do Meio, adotamos uma poesia do poeta nordestino Carlos Penna Filho:

“É o muito esperar
que existe em torno,
Que me destina
à ação desbaratada.
A morte é bem melhor
do que o retorno ao nada.
Não nasce a Pátria agora,
o sonho mente.
Mas em meio à mentira,
eu sonho e luto.
Pois sei que sou o espaço
Entre a semente e o fruto.”

Passamos então a querer ser esse espaço entre a semente e o fruto, ou seja, a seiva que faz crescer, o que provoca mudança.

Em 01/09/81 formamos o primeiro grupo: Renato de Jesus Souza Silva, Clovis Ulisses Cardoso, Mario Ricardo Vieira, os precursores da entidade.
A partir daí, conforme as datas das reuniões que fazíamos, íamos incorporando novos jovens.
Em 01/10/81: Vitor de Oliveira Vieira, Cláudio Henrique de Mello, Gentil Menezes, Marco Antonio Ogata, Augusto César Penalva de Oliveira.
20/10/81: José Cássio Prevedel.
20/04/82: Chega ao grupo o Eduardo Gomide Tosta, que fazia parte do Centro Cívico do IE e que havia me procurado, pedindo informações sobre o jornalzinho do colégio.. Na mesma data entra o Nilton Mescolotti Junior. A partir daí o grupo foi engrossado principalmente por alunos daquela escola.
Em 14/05/82: Iberê Miranda da Silva, Marcelo Baldani, Sergio Soletti, Pedro Martins Jr.
Em 20/05/82: Renata Junqueira de Souza, Lucimara Gerbasi, Valéria Batista dos Reis, Adriana Casarotti, Andréa Casarotti, Haroldo Ribeiro, Alexandre Randi, Marco Aurélio Martins Peruque, João Eduardo de La Casa, Ianara Linares Althero, André de Góes, Claudia Elisa Sapía, Teodoro Miguel Lorent, Fernando José Penalva Mancini e Renata Souza Sallas.
Uns convidavam outros, alguns traziam amigos e assim o grupo ia crescendo, pois o Clube do Meio já era conhecido, atraindo curiosidade da “galera” de então, de várias escolas e níveis sociais.
17/06/82: Cláudio Martin Carreno, Sergio Antonio Paludetto Parizzi, Minoru Kobayashi, Sandra Regina Angeli, Valeria Ribeiro, Silvana Ribeiro, Luciana Ribeiro (as três “irmãs cajazeiras”).
18/06/82: Celso Kiyoshi Akashi.
23/06/82: Geani Carla di Benedetto.
25/06/82: Casimiro Custódio de Souza Jr.
26/06/82: Regina Célia Dias Marques e Emilio Carlos Sacchi.
01/07/82: Sizenando Leite de Macedo Jr., João Tavares Pimentel Jr.,
20/07/82: Luiz Ramos e Silva .
Foi uma entidade bem organizada, com estatuto e tudo(nunca registrado), logotipo, camisetas vermelhas
Passamos então a incentivar, apoiar e participar de vários eventos culturais na cidade:
- 17/10/81 – As Confissões de Pedro, Paulo e José, de Marcos Bragato, no Teatro Municipal .
- 31/10/81 – Show Violão – Celso Machado – Anfiteatro da Apec, c/ Escola Livre Música Viva.
Nessa ocasião, Jotacê conhece Celso, que posteriormente q receberia em São Paulo.
Este show passa a marcar o início do “movimento Clube do Meio”, que daí em diante seria referência obrigatória na promoção de eventos culturais na cidade.
O ano de 1982, início da redemocratização pós regime militar, com a eleição do primeiro governador depois da ditadura, Franco Montoro, o grande vencedor contra o grande e a partir daí o eterno perdedor Paulo Maluf, foi também o ano mais ativo do Clube do Meio. O prefeito eleito de Prudente Virgílio Tiezzi Jr., antes da sua posse me chamou para uma conversa, pois conhecia o nosso trabalho no Clube do Meio e queria nosso apoio na área cultural de seu governo. Foi o início de uma grande parceria, onde fizemos muita coisa em conjunto com a Secretaria Municipal de Cultura.
No mês de abril desse ano o grupo ficou mais fortalecido, com a participação do Eduardo Gomide Tosta, que era do Centro Cívico do IE, sendo que na reunião de 20/5 entrou um grande grupo de estudantes do IE.
Continuamos no apoio dos várias eventos e atividades culturais:
5-6/6/82- As Confissões de Pedro, Paulo e José, de Marcos Bragato, no Teatro Municipal .
 -24/4/82 – Show dó Grupo D´Alma, no Anfiteatro da APEC, com o Cine Clube FAFI.
05/05/82 – Ballet Stagium – Promoção: Luiart , Clube do Meio e Sesc
Ginásio de Esportes
-18/6/82 – Rolando Boldrin, Ranchinho e Celso Machado – Ginásio de Esportes da Apec – C/ Coral Villas Lobos.
16 a 21/8/82 – Feira do Livro – Praça 9 de Julho – C/ Cine Clube Fafi
- 26/8/82 – Show “Cores e Nomes” de Caetano Veloso – C/ Haspa – Amepp – Objetivo – Ginásio de Esportes
-6-7/11/82: 7º Festival de Ballet – C/ Conservatório Musical Maestro Julião - Ginásio de Esportes –
-19/01/83 – 1ª Violonia de Jotacê Cardoso – Anfiteatro da Apec – C/ DA Farmácia e Bioquimica
-13 a 19/3/83 – 1ª Semana Albert Einstein – Teatro Municipal – C/ Observatório Albert Einstein
– 15 e 16/04/83 - Fim de Semana Charlie Chaplin– Teatro Municipal – C/ Cine Clube Fafi
-7 a 13/5/83- Semana Afro Brasileira – Praça 9 de Julho -
-1983 – Corre Bairro em Prudente:
5/6 – Vila Brasil / 10/7 – Vila Operária / 24/7- Vila Nova Prudente
-1983- Corre Escola em Prudente:
IE Fernando Costa e Emílio Becker
- 7 a 14/9/83 – Som, Cores e Letras na praça – c/ grupo Nós.
-12/12/83 - Som, Cores e Letras na praça – c/ grupo Nós
 A partir de 84, muitos dos integrantes do Clube foram cursar faculdades, período em que o grupo entrou em recesso, não havendo processo de renovação e continuidade.
A participação dos remanescentes nas atividades culturais voltou a ser esporádica e eventual.
Lembro que em 86, ainda apoiei o Show “Da piada entra o humorista”, do Edson Sobral, de São Paulo.
Em 87, a meu pedido, o desenhista Felix cria uma HQ contando o ideal e propósito do Clube do Meio, pois eu esperava formar novo grupo, que assumisse a idéia e continuasse em frente, mas não deu certo, ficando porém esse registro artístico muito importante.
Nesse ano, como Diretor Cultural da APEA – Associação Prudentina de Esportes Atléticos, realizei várias atividades culturais, como projeção de cinema super-8 e de 16 mm (Vinícius, Um rapaz de Família, da sua filha Suzana Moraes), MPB no balneário (chorinho), etc..
De lá para cá,  voltei a ser a vanguarda de mim mesmo.
Mas quando penso no que fazem hoje muitos dos jovens que participaram do Clube do Meio, percebo com orgulho que a semente que plantamos deu frutos:
Clóvis Cardoso é produtor cultural em São Paulo, foi administrador do Teatro Ruth Escobar, trabalhou no Centro Cultural Vergueiro e hoje produz shows musicais na capital paulistana.
Alexandre Randi é músico, produtor cultural, entre as várias atividades foi coordenador do projeto “Bate Lata” da Fundação Orsa em Campinas.
Iberê Miranda é gráfico e ator amador em Sampa.
Teo Lorenz fez cinema, passou um tempo dando aula nos states e hoje é tradutor e interprete em Sampa.
O Augusto César Penalva continua músico amador e nas horas vagas é um dos melhores médicos neurologistas da capital.
O Gomide hoje é tenente da Polícia Militar, o que chega a ser engraçado, quando lembro de quando fui pivô do “cessar fogo” entre a “máfia” e os “roqueiros”, grupos antagônicos de adolescentes em Prudente, que, graças a Deus, naquela época não passava de rixas simples e comuns entre jovens em formação.
Eu continuo como prático cultural, fui Coordenador de Projetos do DARC junto à Delegacia Regional da Cultura , fui Coordenador da Oficina Cultural Regional Timochenco Wehbi até 04 de julho deste ano, Presido o Instituto Matura – Movimento de Apoio ao Turismo Regional, além de Diretor de Eventos da Associação Cultural Caipirapuru, promotora do melhor evento da cultura caipira, música raiz e de viola caipira do Oeste Paulista, o Caipirapuru, que neste ano englobará o 6º Encontro de Violeiros e Cantadores de Irapuru, a 3ª Feira Regional Caipira e 2ª Festa do Milho, no final do ano, onde participo também como poeta de cordel (já tenho 3 livretos).

Presidente Prudente, 05 de Fevereiro de 2006.




































































Nenhum comentário:


Arte & Cultura na região Oeste de SP